Aconteceu

O Movimento por um Brasil Literário e a FEBAB promoveram no dia 21/11/2017, na Biblioteca de São Paulo, o encontro Diálogos 2017, cujo tema é: Que é isso que a literatura – e só ela – tem a oferecer que nos põe em movimento?

O encontro teve como mote inspirar, provocar e levantar questões e reflexões sobre o direito à literatura. Elizabeth Serra, secretária geral da FNLIJ e presidente do conselho deliberativo do Movimento, apresentarou o histórico do Movimento e, em seguida, fez a mediação da mesa com os professores Luiz Percival e Nilma Lacerda. Saiba mais clicando aqui!

Sem_título.jpg

No Dia Nacional do Livro, (29/10/2017), conheça a campanha Leia. Seja., do Sindicato Nacional dos Editores de Livros. Acesse o site e divulgue a iniciativa, que contou com a participação das celebridades leitoras: Pedro Bial, Bela Gil, Cauã Reymond, Baby do Brasil, Bernardinho e Washington Olivetto.

Bial_Com.jpg

Angela Lago partiu no domingo, (dia 22/10/2017), e a repercussão de sua perda na Colômbia foi e está sendo muito sentida, em mais uma demonstração dos fortes laços que unem os dois países, dentre os quais se sobressai a literatura infantil e juvenil. Lá ela fez muitos amigos e conquistou admiradores de seu trabalho, como é possível ver nos depoimentos abaixo. Eles contam sobre a importância da arte de Angela na vida de cada um que a conheceu e de sua disponibilidade para ensinar.

Edição de 1990 da revista La Lleva, da ACLIJ, com ilustração de Angela Lago

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Edição de 1990 da revista La Lleva, da ACLIJ, com ilustração de Angela Lago

Silvia Castrillón, a maior divulgadora da LIJ brasileira em seu país, logo que recebeu da FNLIJ a notícia do falecimento de Angela passou um e-mail a todos os membros da recém-criada Asociación Colombiana de Literatura Infantil y Juvenil/ACLIJ. As manifestações chegavam ao longo do domingo e continuam chegando. Conforme recebíamos as mensagens de resposta a Silvia, foi crescendo o desejo de partilhar cada uma delas, o que fazemos agora com os admiradores brasileiros de Angela.

É com muito pesar e tristeza que a FNLIJ registra a morte, ocorrida no dia 22/10/2017, de Angela Lago, autora que recebeu inúmeras premiações da FNLIJ, tendo sido indicada pela instituição para o Prêmio Hans Christian Andersen/IBBY em 1990, 1994 e 2004. Entre os prêmios internacionais, Angela recebeu, em 1994, o Prêmio Iberoamericano de Ilustración, La Consejería de Cultura, Junta de Andalucia, Sevilha, Espanha, e em 1994-1995, o Prêmio Octogone de Ardoise, França, Prix Graphique, Centre International d’Études en Littératures de Jeunesse, Paris, pelo livro “Cena de Rua” (RHJ), e as Placas BIB em 1995, também por “Cena de Rua”, e em 2007 por “João Felizardo – O Rei dos Negócios” (Cosac Naify). As ilustrações de “Cena de Rua” foram selecionadas para o livro “Under the Spell of the Moon”, publicado pela Groundwood e organizado por Patrícia Aldana em uma parceria com o IBBY. Pela Câmara Brasileira do Livro – Prêmio Jabuti, a autora recebeu por dez vezes a láurea.

                      Angela-Lago_-_04.jpg

Angela nos deixa um legado de originalidade e qualidade da arte brasileira de ilustrar livros para todas as idades. Quando lançou em 2003 no México “João Felizardo – O Rei dos Negócios”, o Notícias FNLIJ publicou uma matéria em que ela fala sobre o livro e que partilhamos aqui, marcando a presença da autora por meio da sua voz.

Elizabeth Serra, ao lado da pedagoga do Cenpec Maria Aparecida Laginestra, participou do programa Conexão Futura, do Canal Futura. O tema do episódio é a proposta do governo de fundir o PNBE com o PNLD. O programa foi ao ar na sexta, 20/11/2017, às 19h30. Não perca!

É possível assistir pelo site: www.futuraplay.org

 

                                                           futura.png        Logo_fnlij.jpg

Diante do anúncio da proposta de incorporação do PNBE ao PNLD, a FNLIJ resgata a carta enviada ao Ministério da Educação em 2015, na qual apela pela manutenção da distribuição de livros de literatura às escolas do país. 

"Não interromper o programa anual de compra e distribuição de livros de literatura para crianças e jovens das escolas públicas é uma demonstração de quão importante o governo brasileiro considera garantir o direito democrático às histórias que estão nos livros de literatura, principalmente para aqueles cujas famílias não podem comprá-los para si", diz um trecho. Leia a carta na íntegra.

 

 

Marina Colasanti comemorou 80 anos no dia 26/11/2017 e, em sua coluna “Crônica de quinta”, traz um belo relato sobre sua trajetória. Confira aqui.

A American Library Association está com chamada aberta para submissão de trabalhos para a pré-conferência em Nova Orléans, Louisiana, em 22 de junho de 2018. O tema da conferência é a importância de bibliotecas e bibliotecários no atendimento e defesa das populações imigrantes e refugiadas. Para saber mais, entre em contato com os organizadores: Charissa Powell (powell.charissa@gmail.com) e Elizabeth Soergel (elizsoergel@gmail.com).

 

 

Em Setembro, mês em que completa 80 anos, Marina Colasanti venceu o Prêmio Iberoamericano SM de LIJ! Parabéns, Marina!

 

Marina

Marina Colasanti venceu a XIII edição do Premio Iberoamericano SM de Literatura Infantil y Juvenil. Indicada pela FNLIJ, a escritora se junta a Bartolomeu Campos de Queirós e Ana Maria Machado no rol de brasileiros ganhadores do prêmio. Parabéns, Marina!

Saiba mais clicando aqui.

Mesmo com espaço menor e menos dias, cerca de 11 mil pessoas passaram pelo evento

PUBLISHNEWS, REDAÇÃO, 30/06/2017

A  19ª edição do Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens, acabou nesta quarta-feira (28), e, segundo os organizadores, mesmo com um espaço menor e menos dias, conseguiu manter seus padrões. Ao todo, 11 mil pessoas passaram pelos oito dias do evento e participaram da programação que contou com bate-papos com autores, lançamentos e performances de ilustradores. O Salão recebeu ao todo 79 autores, entre eles Ana Maria Machado, Marina Colasanti, Roger Mello, Ciça Fittipaldi, Bia Bedran, Rui de Oliveira e Thalita Rebouças; e contou com 24 lançamentos de títulos inéditos. Já a Secretaria Municipal de Educação garantiu a presença de 232 escolas com cinco mil alunos, além da verba para que professores da rede municipal de ensino comprassem livros no evento. A entrega dos certificados aos vencedores do Prêmio FNLIJ 2017 também marcou o evento, que mesmo sendo menor, conseguiu garantir a tradição de presentear com um livro selecionado cada criança e jovem que foi ao Salão.

 

 

Começa hoje, 5 de junho, Meu Festivalzinho, organizado pelo Consulado Geral da França no Rio de Janeiro, Instituto Francês do Brasil e Espaço Cultural A Maison. O evento, que vai até o dia 15, homenageia a artista Béatrice Tanaka. A FNLIJ estará presente na noite de abertura, 8 de junho, às 18h, quando Elizabeth Serra fará a mediação do bate-papo: Raízes Clássicas, Africanas e Indígenas do Conto. Confira a programação.

Pagina 1 de 7