Concursos FNLIJ

Ao divulgar todos os programas inscritos no Concurso FNLIJ Melhores Programas de Incentivo à Leitura junto a Crianças e Jovens de todo o Brasil, ao longo das 13 edições do Concurso, iniciado em 1994 (945 programas inscritos, dos quais 69 premiados) pretendemos oferecer um serviço a empresários, instituições e governos que desejam apoiar as iniciativas que existem em todo o país em prol de um Brasil que aumente os seus índices de leitura e que faça da cultura escrita uma prática cidadã.

Os contatos com os responsáveis dos projetos foram atualizados e cada projeto é apresentado com um pequeno resumo.

Concurso dirigido a adultos, pais, professores, educadores, que queiram relatar uma experiência com a leitura dirigida às crianças e adolescentes. Iniciado em 2002, em duas categorias (relato real e relato ficcional), para experiências bem sucedidas de leitura compartilhada de adultos com crianças e/ou jovens. A FNLIJ tem procurado incentivar nas famílias o interesse pela leitura, acreditando que o adulto é, efetivamente, o mediador desse interesse da criança e do jovem pelos livros. Como parte integrante dessas ações, a FNLIJ criou a campanha Leia Comigo! em 2001, e o Concurso FNLIJ Leia Comigo! em 2002, que agora se encontra em sua 7ª edição. Podem se inscrever adultos que tenham uma experiência realizada com a promoção da leitura ou que criem um relato de ficção, cujo assunto principal seja a leitura compartilhada. Confira o regulamento no site.

Concurso dirigido a autores indígenas, ou que possuam alguma filiação indígena, realizado como uma ação de fortalecimento da nova década dos povos indígenas (2005 – 2015) proclamada pela UNESCO, em parceria com o INBRAPI - Instituto Indígena Brasileiro para Propriedade Intelectual, através do Núcleo de Escritores e Artistas Indígenas – NEArIn. A FNLIJ realiza este concurso desde 2004, em parceria com o INBRAPI. E, a partir de 2006, conta com a participação do Núcleo de Escritores e Ilustradores Indígenas – NEII. Seleciona textos literários inéditos de escritores indígenas, em prosa ou poesia. Confira o regulamento no site.

Pagina 2 de 2