• Ziraldo e o livro para crianças e jovens

    • Editora Paulinas
    • Autor(a) Vânia Maria Resende
    • Premiação Prêmio FNLIJ 2014 Teórico
Terça, 18 Junho 2019 18:01

Jorge Miguel Marinho 1947-2019

 

                                               Jorge_Miguel_Marinho_-_02.jpg

É com pesar que a FNLIJ se despede hoje, dia 18 de junho, do escritor Jorge Miguel Marinho, autor de texto refinado, que unia espirituosidade, ironia e romantismo.

Premiado, Jorge Miguel ganhou por quatro vezes o Prêmio FNLIJ Jovem, em 1988 por “A visitação do amor” (Editora Contexto, atualmente editora Biruta); em 1994 por “Te dou a lua amanhã” (Editora FTD, atualmente, Editora Ática); em 2006, Hors-Concours Jovem, por “Lis no peito: um livro que pede perdão” (Editora Biruta) e 2017, Hors Concours Jovem por “A gravidade das coisas miúdas” (SESI-SP). Recebeu também por diversas vezes o selo “Altamente Recomendável” da FNLIJ, além do Prêmio Jabuti na categoria juvenil em 2006, entre outros.

De família simples, Jorge Miguel não teve nenhum contato com livros em sua infância e só aos 15 anos teve o primeiro livro nas mãos. A partir de então, tornou-se, como ele mesmo declarava, um leitor obstinado.

Em uma entrevista de 2013 ao jornal Rascunho, Jorge Miguel responde qual a razão que encontra para a escrita. “Escrevo por necessidade de fabulação, por um sentimento de urgência no sentido de recriar e reinventar a vida no exercício do imaginário. Escrevo para casar realidade e fantasia, apostando nessa feliz aproximação como promessa de um mundo humanamente melhor”.